terça-feira, 2 de julho de 2013

Origem do Garfo

às 13:00
Os garfos, são recheados de polêmicas, vieram bem depois da faca e da colher, foi no século XI.
Os registros mais antigos são de um candidato a santo católico, que criticou o hábito da princesa de Constantinopla e mulher do governante de Veneza, o doge Orseolo.
Ela chegou à península Itálica com um objeto de duas pontas com o qual fisgava pequenos pedaços de alimento. Segundo o cardeal, o instrumento lembrava a lança com a qual o demônio infernizava os condenados ao fogo eterno. Além disso, impedia que a pessoa tocasse diretamente o alimento, considerado uma dádiva divina. Coincidência ou não, ela faleceu pouco depois.


Séculos se passaram até a novidade chegar à França, por volta de 1530. A florentina Caterina de Médici, que mais tarde seria rainha, levou ao país um enxoval completo, com garfo, faca e colher. Um século depois, o instrumento reapareceu nos banquetes do rei francês Luís XIV, famoso por preconizar muito das boas maneiras à mesa existentes hoje. Foram necessários mais 200 anos até que, no século XIX, o "jogo de cena" finalmente se popularizou.

fonte: Portal de São Francisco
foto: reprodução

0 comentários:

Postar um comentário

 

Passaparola | Copyright © 2012 | Criação - Pronúncia