terça-feira, 15 de julho de 2014

Os benefícios da ghee, a manteiga clarificada

às 15:14
Você já ouviu falar da ghee? Ela é um alimento fundamental na mesa das famílias indianas e nos cardápios da alimentação Ayurveda. Trata-se da manteiga clarificada, sem a lactose e as toxinas da manteiga tradicional.


Ela é famosa não apenas pelos benefícios nutricionais, mas também pelas propriedades terapêuticas.
Mas vamos começar desde o início para você entender e ter mais motivos para trocar sua manteiga tradicional pela ghee. Assim como a manteiga tradicional, a ghee é feita do leite da vaca ou da búfala. A diferença é que passa por um processo de clarificação, onde é retirada toda a lactose, sal e qualquer toxina que possa fazer mal ao organismo. Por isso ela é considerada mais pura e benéfica do que a manteiga normal.

A ghee contém vitamina A, o que a torna uma excelente antioxidante, prevenido o envelhecimento precoce e protegendo as células dos radicais livres. Além disso, ela tem poder anti-inflamatório. Por não conter sal nem toxinas, ela não aumenta a retenção de líquido. Alguns estudos apontam que esse alimento ajuda na prevenção do câncer de mama.

Mas nada de consumi-la exageradamente; apesar dos benefícios nutricionais, ela continua sendo um tipo de gordura e tem cerca de 110 calorias por colher de sopa.

Ghee na gastronomia

O sabor da manteiga clarificada é mais acentuado do que a manteiga tradicional, por isso ela pode ser usada em menos quantidade. Na culinária, ela pode ser utilizada na mistura e cozimento dos alimentos, ou até mesmo passada no pão, como a manteiga tradicional. Outra maneira é misturando-a a outros ingredientes funcionais como ervas, castanhas e sementes, criando um tipo de patê saudável.

Como fazer a ghee

A ghee é obtida por meio de um processo artesanal e sim, você mesma pode fazê-la. Pegue um tablete de manteiga sem sal e derreta em fogo brando, em uma panela de fundo grosso. Em poucos minutos você vai notar que a manteiga se decompõe em duas camadas. A de cima parecerá uma espuma, que deverá ser retirada (é ali que estão a lactose e as toxinas). A parte que ficar embaixo, mais oleosa, é a ghee. Se for necessário, repita o processo quantas vezes for possível para retirar a espuma. Espere esfriar e coe em um tecido fino, como algodão. Guarde em um recipiente de vidro. Não precisa ser mantido na geladeira.

Fonte: Mais equilíbrio


0 comentários:

Postar um comentário

 

Passaparola | Copyright © 2012 | Criação - Pronúncia